MEO Marés Vivas vai mudar de local em 2018


A edição deste ano do festival de Gaia arranca amanhã. E será a última no Cabedelo 

 

O Festival Marés Vivas, que se realiza em Gaia, de sexta-feira a domingo, já esgotou dois dos três dias, há um mês e, contará, em 2018, com uma nova localização, disse hoje à Lusa a organização.

"Os dias 15 [sábado] e 16 de julho [domingo] já estão completamente esgotados desde o início de junho, restando apenas bilhetes para dia 14 de julho [sexta-feira], mas acredito que irão igualmente esgotar e, assim sendo, teremos uma lotação de cerca de 90 mil pessoas", disse o diretor da Pev Entertainment -- Artes & Entretenimento, Jorge Lopes, responsável pelo evento.

Considerando que o Marés Vivas tem vindo "cada vez mais" a ganhar notoriedade internacional, dado o seu "selo de qualidade", Jorge Lopes vincou que ter Sting e Scorpions como cabeças-de-cartaz foi a "cereja em cima do bolo" este ano, levando a que a procura fosse maior, dado os "fãs" que estes artistas têm em Portugal e no mundo.

O diretor do festival afirmou que em "formato vencedor" não se mexe, logo este ano não foram feitas alterações "de fundo", apenas "aprimoramentos", sendo a única novidade a alteração de local para 2018. A certeza é que no próximo ano o Marés Vivas não se realizará na Praia do Cabedelo, em Gaia, mas Jorge Lopes não revela o novo local porque "ainda não está fechado", havendo "duas opções em aberto".

O responsável frisou, no entanto, que o evento irá continuar em Gaia, à beira-rio ou junto ao mar, num espaço "ainda maior" e com capacidade para acolher mais pessoas, aumentando assim a sua dimensão e importância.

 

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.