Suécia: Deus pode deixar de ser proferido como 'Ele' ou 'Senhor' - Mais Notícias | Atualidade, entretenimento
Suécia: Deus pode deixar de ser proferido como 'Ele' ou 'Senhor'

Suécia: Deus pode deixar de ser proferido como 'Ele' ou 'Senhor'

Partilha
A líder da principal igreja da Suécia afirma que Deus está além da determinação do género.


A Igreja da Suécia, a principal daquele país nórdico, está a pedir ao clero que deixe de se referir a Deus como ‘Ele’ ou ‘Senhor’. O objetivo é começar a utilizar uma linguagem neutra. De acordo com o The Guardian, esta foi uma de muitas mudanças que a Igreja da Suécia pretende implementar.

A Igreja que batizou mais de metade da população da Suécia – 6,1 milhões de pessoas num país com uma população de 10 milhões – é liderada por uma mulher, a Arcebispa Antie Jackelén.

“Teologicamente, por exemplo, sabemos que Deus está além das nossas determinações de género, Deus não é humano”, disse numa entrevista à agência de informação TT.

No entanto, esta alteração está a ser alvo de várias críticas. Christer Pahlmblad, um professor assistente de Teologia na Universidade de Lund, disse ao jornal dinamarquês Kristeligt Dagblad que esta mudança “prejudica a doutrina da Santíssima Trindade e da comunidade com as outras igrejas católicas. Não é inteligente que a Igreja da Suécia se torne conhecida como uma igreja que não respeita a herança teológica comum”.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pages