A segunda maior árvore de Natal de porcelana do mundo situa-se no Porto


Com cinco metros de altura, 2,5 toneladas de peso, a árvore de Natal de porcelana, da autoria da artista plástica Cláudia Pinto, está em exposição no Museu da Misericórdia do Porto até 14 de Janeiro.


Esta é a segunda maior árvore de Natal do Mundo feita de peças de porcelana. Com cinco metros de altura, 2,5 toneladas de peso, a árvore de Natal de porcelana Vista Alegre, da autoria da artista plástica Claudia Lopes, com mais de 3000 peças empilhadas, em exposição no Museu da Misericórdia do Porto até 14 de Janeiro, e enquadra uma exposição de Mesas de Natal.

Entre a exuberância e a sobriedade, a tradição e o contemporâneo, o conservador e o inesperado, sempre sob o signo da criatividade, a exposição “Artes da Mesa – Tradição e Modernidade na Vista Alegre” expõe as interpretações dos decoradores Guilherme do Vale, Isabel Pires de Lima, e a dupla Sofia Costa e Gonçalo Chen, da mesa em torno da qual, anualmente, toda a família se reúne na Consoada.

A Vista Alegre e a Misericórdia do Porto inauguraram a 15 de Dezembro, no Museu e Igreja da Misericórdia do Porto (MMIPO), a exposição “Artes da Mesa: Tradição e Modernidade na Vista Alegre”, na qual os decoradores Guilherme do Vale, Isabel Pires de Lima, e a dupla Sofia Costa e Gonçalo Chen, reinterpretam a mesa em torno da qual, anualmente, toda a família se reúne na Consoada.

As mesas de Natal estão enquadradas por uma notável instalação artística da autoria da artista plástica Claudia Lopes. Trata-se de uma árvore de Natal gigante, com cinco metros de altura, concebida a partir de mais de três mil peças de porcelana Vista Alegre.

Para a criação da Árvore de Natal do MMIPO recorreu a peças da Fábrica de Porcelana da Vista Alegre em Ílhavo. A acumulação de mais de três mil peças de porcelana Vista Alegre, formando uma árvore de Natal, evoca o espírito da partilha, da festa, do convívio, e recria no espaço da Galeria do Benfeitores do Museu e Igreja da Misericórdia do Porto, uma peça que nos remete para o imaginário Natalício.

Guilherme do Vale, decorador há uma década, buscou inspiração para a sua mesa de Natal no Presépio Biscuit da Vista Alegre, uma imponente escultura da autoria do escultor Leopoldo de Almeida (18 de outubro de 1898 – 28 de abril de 1975).

A mesa, que intitulou de “Luz Eterna”, é dominada exclusivamente pelo branco e dourado, através da utilização das coleções Mouraria, by Mariza, Paseo by Vista Alegre e Christian Lacroix e Matrix, sendo a primeira cor sendo sinónimo de paz e pureza, a segunda trazendo a luz e a tradição natalícias e simbolizando, também, o rasto dourado da estrela cadente que guiou os Reis Magos.

A proposta da decoradora pretende recriar o jantar da noite de Natal, partindo do azul-escuro, do dourado e do branco, cores que para Isabel espelham o espírito da época.

O resultado é uma combinação do estilo clássico e vegetalista do serviço de mesa Anna, do orientalismo da coleção Margão e da modernidade dos copos de cristal Lybra.

A inauguração da exposição Artes da Mesa – Tradição e Modernidade na Vista Alegre na passada sexta-feira, 15 de Dezembro, contou com o apoio da marca de Vinho do Porto Niepoort e com a marca de cutelaria Portuguesa Herdmar.


Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.