Barack Obama em negociações com a Netflix


Segundo o The New York Times, o ex-presidente norte-americano, está em negociações com a Netflix para produzir conteúdos exclusivos.




O negócio não está ainda finalizado, mas, nos termos do acordo, a Netflix pagaria ao casal Obama por conteúdo exclusivo, ou seja, disponível apenas no serviço de streaming que tem cerca de 118 milhões de subscritores em todo o mundo, e que está disponível também em Portugal.

Segundo fontes próximas do processo, Michelle e Barack querem produzir programas que dão visibilidade a histórias inspiradoras, não sendo objetivo do ex-presidente usar esta plataforma para confrontar diretamente Donald Trump. Todavia, se finalizado, este acordo pode dar ao casal Obama - e às suas ideias - maior exposição.

Não se sabe ainda os temas que serão abordados, mas uma das ideias em cima da mesa é ter Barack a moderar conversas sobre temas como imigração, saúde, alterações climáticas, entre outros temas fortes da sua presidência e cuja visão não é partilhada pelo atual líder do país.

Ao jornal norte-americano, Eric Shultz, assessor do ex-presidente, o casal Obama “sempre acreditou no poder de contar histórias que inspiram”, adiantando que “ao considerarem os seus planos pessoais para o futuro, continuam a explorar novas formas de ajudar outros a contar e partilhar as suas histórias”.

Fontes familiarizadas com o processo de negociação adiantaram ainda ao The New York Times que também a Apple e a Amazon mostraram interesse em discutir com o casal Obama conteúdos para os seus serviços de streaming.

Texto: Sapo 24

Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.