Rock In Rio. Roberta Medina confessa que "não vou perder Xutos & Pontapés"


A vice-presidente do Rock In Rio, em entrevista, revela que o dia de Muse poderá ser o próximo a esgotar". O Parque da Bela Vista recebe, a oitava edição, nos dias 23, 24 e 29, 30 de junho.

Roberta Medina, a vice-presidente do Rock In Rio, em entrevista à Blitz, confessa que o concerto que não irá perder, "obviamente será Xutos & Pontapés", admitindo que este "vai ser um espetáculo muito especial" que está a ser desenhado de prepósito para o Rock In Rio. Medina revela, ainda, que é a oportunidade de "lembrar Zé Pedro", além de um concerto que fala "do futuro, em olhar para a frente e além das músicas novas".

Segundo Roberta, o dia 23 de junho, o primeiro dia do festival, poderá estar prestes a esgotar. No dia em que Muse são os cabeças de cartaz, a vice-presidente afirma que este está a ser "muito disputado". Ao mesmo tempo, admite que Katy Perry, o último dia do Rock In Rio Lisboa (29), será "o concerto com maior produção que vamos ter, este ano, com muitos efeitos especiais, muitas trocas de figurino".

Na mesma entrevista, Medina reconhece as vantagens em mudar o festival do mês de maio para junho, porque existe, assim, mais "facilidade do artista, uma vez que estes tinham que às vezes antecipar a sua tourné" e também em "relação ao tempo". A própria afirma que "apesar de este ano termos um dia a menos, em termos de público temos 300 mil pessoas", números que a Cidade do Rock têm tido nas últimas edições".

Em termos da nova edição, deste ano, Roberta afirma "vai ser dificil entre diretores artisticos disputarem o público nos seus palcos", alegando que "o Digital Stage tem uma expetativa muito grande" e o palco Music Valley "será muito atual e vai ter uma adesão super elevada".









Sem comentários:

Com tecnologia do Blogger.